Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Vale da Felicidade mobilizado pela regionalização

Publicação:

Encontro aconteceu na manhã desta segunda-feira (31) no campus da UCS em São Sebastião do Caí.
Encontro aconteceu na manhã desta segunda-feira (31) no campus da UCS em São Sebastião do Caí.

A presença do Secretário de Turismo, Ronaldo Santini, na reunião da Instância de Governança Regional do Vale da Felicidade foi o estímulo que faltava para impulsionar o ingresso de 100% dos municípios no Programa de Regionalização do Turismo. Dos 20 municípios da região, apenas dois ainda não entraram para a o Mapa do Turismo Brasileiro.

O encontro, na manhã desta segunda-feira (31) no campus da UCS em São Sebastião do Caí, reuniu representantes dos municípios integrantes que estão se organizando para entregar, até agosto, os planos de Turismo. Conforme o coordenador da IGR, Isaque Mattos, a intenção é ter em setembro o plano regional e, para isso, a mobilização de todos é fundamental.

O secretário Santini afirmou aos presentes que a secretaria é de todo o Estado e, por isso, cada região merece empenho para que o governo possa contribuir com a potencialidade. O Vale da Felicidade tem esse nome devido ao reconhecimento, por uma publicação nacional, de atributos como a alta qualidade de vida, a longevidade e o bom-humor dos habitantes da região, “atributos tão procurados nestes tempos de pandemia”, afirma o secretário. Para Santini, “o Turismo se beneficia com essa movimentação. Precisamos mostrar isso não só para o nosso público gaúcho, mas também para o Brasil e o mundo”.

Mattos comemora a presença do secretário na reunião. “A vinda de Santini mostrou que estamos sendo vistos e que temos nosso protagonismo além das regiões tradicionais de turismo no estado”. Ele explica que o potencial no turismo rural e de aventura é muito grande. Foram criadas quatro câmaras temáticas para aprofundar temas importantes para a região: uso da marca “Vale da Felicidade”, Cicloturismo, Trilhas da Felicidade e Ecoturismo e turismo de aventura, este último colocando o Rio Caí como elemento importante nos empreendimentos.

Texto: Thais D'Avila- Ascom Setur

Secretaria de Turismo